Essa semana a Gol começou a oferecer descontos nas passagens aéreas para passageiros que vão viajar apenas com a bagagem de mão.  A previsão é que no dia 1º de julho a Latam e a Azul também comecem a emitir passagens com desconto para os passageiros nas mesmas condições. As datas coincidem com quando cada uma das companhias começa a cobrar por malas despachadas. Ainda não há detalhes sobre os valores dos preços promocionais sem bagagem.

A medida, que causou polemica quando anunciada, é reflexo de uma série de mudanças autorizadas pela Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC). A agência entende que as mudanças representam um avanço importante para o setor e que irão beneficiar os passageiros através da redução dos preços das passagens e de uma maior clareza em relação às obrigações das companhias aéreas em várias situações. Também há o objetivo de aumentar a concorrência, permitindo a criação de companhias de baixo custo no Brasil.

Entenda o que muda, além da taxa que será cobrada por malas despachadas:

Bagagens Despachadas

  • Como era: Franquia obrigatória de uma mala de 23kg (nacional) e 2 malas de 32kg (internacional).
  • Como está: As companhias poderão cobrar pelo despacho da bagagem. Critérios e valores serão definidos por cada empresa.

 Reembolso

  • Como era: Em até 30 dias sem limite para multa.
  • Como está: Em até 7 dias e a multa não pode ultrapassar o valor da tarifa, garantindo a devolução da taxa de embarque.

Alteração de Voo pela Companhia Aérea

  • Como era: Não há regras definidas pela ANAC. Cada companhia aérea tem sua política.
  • Como está: Acima de 30 minutos em voos domésticos e 60 minutos em voos internacionais dá direito a remarcação de voo/data ou reembolso integral.

Bagagens Extraviadas

  • Como era: Indenização em até 30 dias após a reclamação
  • Como está: Indenização em até 7 dias após a reclamação.

Desistência de Compra

  • Como era: Sujeito a multa, exceto em compras pela internet canceladas até 7dias após a compra.
  • Como está: Gratuito até 24h após a compra (para emissões feitas pelo menos 7 dias antes do voo) ou em até 7 dias se comprado pela internet.

Voos de Volta

  • Como era: Caso o passageiro não embarque os voos seguintes do mesmo bilhete são cancelados.
  • Como está: O passageiro terá direito a voar o trecho de retorno, mesmo que não embarque na ida.

Bagagem de mão

  • Como era: Uma bagagem pequena de até 5kg + volume de mão (bolsa, mochila ou sacola)
  • Como está: Uma bagagem pequena de até 10kg + volume de mão (bolsa, mochila ou sacola)

Correção de Nomes

  • Como era: Emissão de um novo bilhete com multa e diferença de tarifa, a critério da cia aérea.
  • Como está: Correção da grafia do nome será gratuita.

Overbooking

  • Como era: A empresa deve acomodar o passageiro em outro voo próprio ou de outra cia e arcar com os custos
  • Como está: Passageiro deverá ser indenizado na hora. As empresas poderão fazer ofertas para voluntários.

Tarifas

  • Como era: Não há nenhuma regra para apresentação do preço da passagem.
  • Como está: Companhias e agências devem apresentar o valor final da passagem, com todas as taxas incluídas.

E você, já programou sua viagem? Agora você poderá acumular pontos com viagens terá um pouco mais de clareza nas politicas das companhias aéreas. São muitos destinos nacionais e internacionais para você pode conhecer e desfrutar de momentos incríveis com sua família e amigos.

Mas se seus planos para viajar ainda estão distantes, não se preocupe. Já pensou em vender aquelas milhas acumuladas que você tem ai antes que elas vençam?

A Elo Milhas é uma empresa especializada em compra e venda de milhas aéreas que conta com um atendimento personalizado, as melhores condições do mercado e total segurança e sigilo dos seus dados na compra de suas milhas.

Faça já sua cotação e garanta um dinheiro extra para curtir esse feriado de São João numa boa!


Postado em 22/06/2017

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,