O programa de fidelidade TudoAzul decidiu investir na estratégia de marketing B2C (business to consumer) para aumentar a eficiência do desempenho da empresa. A iniciativa deve consolidar a marca “Azul” no mercado na medida que estimula o cliente a procurar cada vez mais a companhia para viagens a lazer.

Aposta na relação com os clientes

Com lançamentos previstos ainda para este ano, a Azul trabalha para melhorar o engajamento dos clientes do TudoAzul. A cia irá aperfeiçoar seu clube de vantagens e as categorias de upgrade do programa (Topázio, Safira, Diamante). Dessa forma, naturalmente atrairá mais clientes.

“A estratégia é B2C. Consequentemente, o B2B (business to business) vai acabar acontecendo”, afirmou o diretor do TudoAzul, Daniel Bicudo. “Business to consumer” compreende numa operação comercial com ciclo de venda mais curto e simples. Isso acontece porque a venda de produtos, serviços ou informações é efetuada diretamente entre a empresa e o consumidor final ou cliente.

Com relação ao crescimento da base de participantes, os números são positivos para a Azul. De 4,5 milhões em 2014, passou para quase 10 milhões de clientes no segundo trimestre. Dessa forma, está chegando mais perto dos 14,6 milhões da Smiles e 21,1 milhões da Multiplus. Para seguir com esse ritmo, a unidade está aproveitando ao máximo a relação direta com o viajante da Azul e com a estrutura de precificação do assento.

Na visão do diretor do TudoAzul, os programas Multiplus e Smiles têm focado mais na venda dos pontos e milhas a seus parceiros comerciais. No entanto, ele julga estar mais distante da fidelidade e da geração de valor para as companhias aéreas.

Venda suas milhas aéreas

Se você pretende garantir uma renda extra, essa é a chance de vender suas milhas aéreas. Comercializando milhas desde 2011, a EloMilhas atua em território nacional e oferece as melhores ofertas do mercado. Todo nosso processo é realizado com segurança e praticidade. Faça uma cotação em nosso site e receba antecipado!


Postado em 24/08/2018