O programa de milhas e pontos tornou-se febre entre quem viaja com certa frequência. Pagar mais barato, ou até mesmo não pagar por uma passagem aérea. Graças aos pontos e milhas acumulados nos programas das companhias aéreas, é possível trocá-los por passagens aéreas. O que atraiu ainda mais passageiros.

Quem se inscreve em um programa de milhas de uma companhia aérea consegue acumular esses pontos ou milhas através de voos realizados, produtos adquiridos, serviços de lojas parceiras do programa e por meio de mensalidades fixas por mês, que revertem o valor pago por pontos.

Apesar de já ser bastante difundido, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como começar a participar desses tipos de programa. Por tanto, vamos esclarecer e lhe orientar quanto a isso. Mas antes, conheça os tipos de programas nacionais mais usados.

Programas nacionais

Atualmente, praticamente todas as companhias aéreas famosas possuem seu programa de milhas. Temos no Brasil o LATAM Fidelidade, o Smiles da GOL, o Tudo Azul e o Amigo que é da Avianca.

Além disso, os próprios bancos possuem seus programas dos cartões de crédito. Que são diretamente ligados a algum programa de milhas. Portanto, seus gastos habituais debitados no cartão de crédito, podem ser revertidos em passagens aéreas ao serem transferidos para os programas de fidelidade.

Caso você precise viajar de última hora ou não conseguiu juntar as milhas necessárias para o voo, também é possível combiná-las a pagamentos parciais das passagens, completando com outra forma de pagamento. A venda de milhas também é uma prática comum para quem faz parte de um programa de milhas. Alguns passageiros acabam optando por comprar milhas de outrem para completar o valor da passagem.

Uma das demais vantagens proporcionadas pelos programas é poder trocar os pontos adquiridos por serviços ou produtos dos parceiros, não necessariamente por passagens aéreas.

Como fazer parte de um programa de milhas e pontos?

Para se inscrever em um programa de companhia aérea é muito fácil. Basta realizar um cadastro no próprio site da companhia que deseja se filiar. Portanto após informar seus dados para o cadastro é gerado um número de usuário/inscrição que funciona como uma identificação da sua conta para que as milhas sejam depositadas na mesma.

É preciso sempre informar esse número na hora de adquirir as passagens e no momento do check-in para que as milhas sejam computadas no momento da compra. Sem esse número em mãos, não é possível usar a milhagem acumulada. Além disso, é possível acompanhar a quantidade de milhas e pontos acumulados com essa numeração.

Burocracias dentro do programa de milhas para ficar atento

É importante ressaltar que na maioria dos casos, não existem burocracias para começar a fazer parte de um programa de fidelidade. Apenas depois de registrado em um deles, é preciso voar pela companhia. Comprar pelo cartão de crédito parceiro ou pagar uma mensalidade fixa por mês para ser revertida em milhagem.

Já para os programas de cartões de crédito, existem bancos que associam os clientes a programas de milhas de maneira automática, sem custos adicionais cobrados pelo cartão. Porém, para quem tem acesso a esse benefício. A taxa administrativa anual é maior do que em outros cartões.

Deseja comprar ou vender suas milhas? Nós da EloMilhas fazemos isso pra você. Realize uma cotação conosco, através do nosso site: www.elomilhas.com.br.


Postado em 24/08/2018