Ainda é baixo o número de brasileiros que estão engajados no uso de milhas. Apenas aproximadamente 5% da população brasileira participa ativamente de programas de fidelidade. Enquanto isso, há países, como a Nova Zelândia, onde esse número passa dos 50%. Essa realidade, porém, tem um lado positivo. Isso mostra que esse mercado tem muito potencial por aqui. O setor está prestes a entrar em uma fase de grande crescimento e isso acontecerá quando as pessoas estiverem melhores informadas sobre como funcionam as milhas.

Muitos não percebem que podem, por exemplo, ganhar pontos ao abastecer o carro, se fizerem parte de um programa de fidelidade. É um benefício que se ganha sem ter nenhum custo adicional, pois elas já teriam que gastar com a gasolina de qualquer jeito. Inscrever-se em um programa de fidelidade, porém, é apenas o primeiro passo. Cada um deles possui parcerias com diversas lojas e postos de gasolina, e os gastos feitos nesses lugares ajudam a acumular pontos.

É muito importante focar em um único programa de milhagens. Ter 10 programas diferentes não compensa. Escolha sempre voar na mesma companhia ou nas companhias afiliadas na mesma aliança para acumular mais milhas. Uma vez que as milhas já estejam acumuladas, basta saber como gastá-las apropriadamente. As pessoas que se programam com bastante antecedência conseguem boas passagens pagando menos milhas. Outro detalhe importante é a data de vencimento das milhas, que costumam durar de 2 a 3 anos. Os programas de milhagens sempre enviam e-mails aos clientes alertando sobre o vencimento e perguntam se pretendem pagar para estender o prazo ou utilizar. É importante estar atento a esses e-mails para verificar as melhores opções.

 

Veja também:

Vender Pontos – O melhor site para vender milhas!

Programa Amigo Avianca – Como funciona?

 

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/turismo/2015/07/12/interna_turismo,586184/programas-de-milhas-podem-fazer-com-que-turistas-viajem-quase-de-graca.shtml


Postado em 03/08/2015